Áudio

Dados Originais

Texto completo

Te ouvi dizer adeus, adeus
fechei olhos e escondi a dor
Eu senti seus passos cruzando a tarde
e minhas mãos covardes não te impediram.

Meu coração chorou de amor
e no silêncio ressoou sua voz ,
sua voz querida , distante e perdida,
sua voz que era minha, sua pálida voz.

Nas noites desoladas que sacode o vento , brilham as estrelas frias do remorço ,
e estou enganado que voltarás novamente,
refazendo o esquecimento e o tempo.

Sinto que seus passos voltam pelo caminho amigável,
Ouço que me nomeias cheia de mortal fadiga,
E se eu já souber que meu desejo é inútil,
nunca, nunca virás.

Te vi partir, você disse adeus
tremi de angústia e escondi a dor,
depois pensando que não voltarias
Tentei te alcançar e ja não eras mais minha.

Meu coração sangrou de amor,
e na memória sua voz ressoou,
sua querida voz, distante e perdida,
sua voz fria, sua pálida voz.

Nas noites desoladas que sacode o vento ,
brilham as estrelas frias do remorço,
e estou enganado que você voltarás novamente,
refazendo o esquecimento e o tempo.

Sinto que seus passos voltam pelo caminho amigável,
Ouço que me nomeias cheia de mortal fadiga,
E se eu já souber que meu desejo é inútil,
Você nunca, nunca virás

[printfriendly]

3 vídeos, 3 expressões diferentes

una producción de:

para Fórmula Tango Podcast

Deja un comentario

es_ESEspañol
Ir arriba

proximamente habilitaremos los registros al encuentro!

contacto A ESCENA

contacto@espacioaescena.com